Apoio é parte de projeto para 2018

O candidato a Prefeito de Curitiba pelo PSD, Deputado Estadual Ney Leprevost, recebeu um importante apoio à sua candidatura no dia 25 de agosto, quinta-feira. O colega de partido e Secretário de Estado do Desenvolvimento Urbano, Ratinho Junior, compareceu à reunião da coligação “Corrente do Bem” (PSC / PSD / PEN / PTC / PPL / PC do B / PSL) para expressar seu apoio. Na oportunidade, o Secretário Ratinho Junior ressaltou que apoia a candidatura de Ney Leprevost para prefeito da capital paranaense por conhecer sua competência como legislador, bem como o preparo como gestor público. “O Ney, como eu, é da nova safra de políticos do Paraná. Ainda muito jovem tornou-se Secretário de Estado do Esporte e Turismo. É um grande administrador e autor de vários Projetos de Lei importantes, como a Lei da Ficha Limpa/PR, por exemplo. Além disso, Ney leprevost conhece Curitiba profundamente”, argumentou. Dívida bilionária Ratinho Junior criticou a estagnação em que se encontra a gestão pública em Curitiba. “Há quatro anos, quando me candidatei a prefeito de Curitiba, a gestão já se encontrava numa situação ruim, com uma dívida de R$ 400 milhões. O quadro só tem piorado. A dívida já chega a R$ 1 bilhão e 200 mil. Desde então, a cidade perdeu dinheiro para o Metrô, sendo R$ 1 bilhão e 600 mil. Perdeu R$ 70 milhões para o Hospital da Zona Norte, um projeto que já estava liberado pelo Ministério da Saúde há três anos e meio. A Linha Verde, que com o Luciano Ducci estava 70% concluída, não foi finalizada na administração do Gustavo Fruet, sequer teve continuidade em suas obras. A cidade, enfim, parou, estagnou, com uma gestão que não tem apresentado avanços. O Brasil quebrou por ineficiência de gestão, com a Dilma. Não queremos isso para Curitiba. A cidade precisa de gente com capacidade de gestão e o Ney tem essa capacidade”, destacou Ratinho Junior. Candidatura para governador Segundo Ratinho Junior, o apoio a Ney Leprevost para prefeito da capital do Paraná é fundamental para 2018, quando pretende lançar candidatura ao Governo do Estado. “Gostaria de contar com o trabalho do Ney em Curitiba. Este é o início de um projeto com vistas a 2018”, revelou. Juntos no PSD O candidato a Prefeito de Curitiba pelo PSD, Ney Leprevost, se mostrou orgulhoso por receber apoio do Secretário Ratinho Junior. “Há quatro anos era para eu ter saído candidato a vice-prefeito na chapa do Ratinho. Mas não deu certo em razão de outros compromissos da coligação. Mas agora estamos juntos no PSD, partido fundado pelo Gilberto Kassab – atual Ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações – e liderado no Paraná pelo Eduardo Sciarra, que foi buscar o Ratinho Junior para somar com o grupo. A ideia é preparar a candidatura dele a Governador para 2018. O Ratinho está sempre se capacitando, é uma pessoa que viaja muito, não para fazer turismo, mas para estudar, conhecer e trazer novas ideias para o Paraná. Tenho 42 anos e o Ratinho 35 anos, somos dessa nova safra da política paranaense que quer fazer política com vergonha na cara. Conheço a família dele, desde os tempos em que trabalhei na CNT com o apresentador Ratinho(pai), em programa de televisão”, lembrou Ney. Médico na chapa Sobre o vice, o oftalmologista Dr. João Guilherme Moares (PSC), Ney pontuou que a escolha de um médico foi uma decisão de caráter técnico, por se tratar de profissional da área de saúde. “A escolha do meu vice é providencial em razão da grande demanda por investimentos na área da saúde em Curitiba. O Dr. João Guilherme, além de trabalhar em seu consultório, conhece bem e trabalha pelo SUS na Santa Casa. Ou seja, tem conhecimento de causa. E Curitiba tem na área de saúde um de seus maiores desafios. Não podemos mais admitir que continuem morrendo pessoas nas filas dos postos, como aconteceu mais uma vez na semana passada, em uma Unidade de Saúde no Fazendinha”, lembrou. Gestão eficiente Entre as principais propostas para Curitiba, Ney Leprevost destacou em entrevista exclusiva ao Diretor do jornal A Gazeta Região Metropolitana, João Aloysio Ramos, o enxugamento da máquina administrativa como uma prioridade. “Curitiba precisa de eficiência na gestão. Vamos cortar gastos, cargos em comissão e algumas secretarias. O quadro de servidores concursados conta com gente competente que quer trabalhar, mas que é engessada por decisões das chefias nomeadas pela gestão atual”, argumentou. Indústria do antipó e das multas Para Ney, a indústria do antipó e das multas é outro problema. “É preciso usar asfalto de qualidade, não esse antipó, essa camada fina de asfalto que só beneficia empreiteiros, e seis meses depois precisa de reparos. A indústria da multa, então, já é famosa, não apenas a do trânsito. Mas a atual gestão tem se empenhado em multar empresários, comerciantes, proprietários de bares, restaurantes, prestadores de serviço, apenas para arrecadar. Postura de quem não sabe gerir os recursos que tem. O empresário tem de ser visto como um parceiro, não como um inimigo a quem só serve para pagar impostos e multas ao erário”, acrescentou. Reintegração da RIT e VLT Outras medidas defendidas por Leprevost são a reintegração da Rede Integrada de Transporte-RIT com tarifa mais justa; implantação do Sistema de Transporte VLT; criação do PAI-Programa de Atendimento Infantil; agendamento eletrônico de consultas pelo SUS; investimentos em calçadas, com o realinhamento das mesmas; a criação de uma Unidade de Combate ao Crack e a transformação da Secretaria de Defesa Social em Secretaria de Segurança do Cidadão; além de uma Central de Monitoramento por Câmeras, em parceria com moradores e empresários, além da contratação de mais guardas municipais, ampliando o efetivo, que tem atualmente apenas 1.300 guardas.

Embaixador do Panamá visita Ratinho Jr com proposta de parcerias com o PR

No fim da tarde desta segunda-feira, 11, o secretário do Desenvolvimento Urbano (SEDU), Ratinho Junior, recebeu em seu gabinete a visita do embaixador do Panamá, Edwin Emílio Vergara. Com o embaixador, estavam o deputado estadual Guto Silva, os cônsules do Panamá no Brasil, Peter Miranda e Wesley Rodrigues - que também é empresário em São José dos Pinhais, assim como outros que faziam parte da comitiva. Também acompanhavam o embaixador Vergara o vice-presidente da Câmara Comercial Brasil / Panamá, Guilherme Yamato. O grupo expôs a Ratinho Junior a intenção de o Panamá se tornar parceiro para um maior desenvolvimento macro do Paraná, em especial, em temas relacionados à infraestrutura urbana. "Em nossa estratégia, podemos ser um posto avançado no comércio de exportação com os Estados Unidos e com a China", explicou o embaixador. O cônsul Miranda lembrou que a ampliação da capacidade do canal do Panamá garantirá a passagem de navios maiores, com 14 mil containers. "A expectativa de boas relações e de entrada na economia do Paraná é excelente", concordou Ratinho Junior.

Ratinho Jr destaca novo sistema de coleta de lixo de Israel

O deputado Ratinho Junior (PSD), em visita a Israel, conheceu um novo processo tecnológico de tratamento de resíduos sólidos urbanos. Denominada ArrowBio, a nova solução apresentada para Ratinho é capaz de minimizar, substancialmente, as emissões de gás de efeito estufa “metano” presentes em aterros e lixões nos municípios paranaenses. Ratinho conheceu o sistema em visita técnica, este mês, à TelAviv, que desenvolve o programa “Cidade Inteligente”, implementado pelo município e reconhecido em todo o planeta como referência em produção e engajamento tecnológico. Testes – O processo, explicou Ratinho Junior, foi testado nos últimos cinco anos em laboratório e testes de campo na planta semi-industrial perto da cidade de Hadera, em Israel. “Foi aprovado (o sistema), por cientistas de Israel, dos EUA e outros países, como mais eficaz e economicamente melhor do que todos os métodos existentes”, disse o deputado.
Ratinho explicou ainda que o processo ArrowBio é uma tecnologia única que consegue tratar e recuperar materiais dos resíduos, além de produzir Biogas, “que é uma energia alternativa, limpa e verde para transporte, aterros e usinas”.
Solução integrada – Disse ele ainda que o processo ArrowBio é uma solução integrada classifica, limpa e separa os materiais recuperáveis. “E através de técnicas hidromecânicas e únicas optimizadas de bio-tecnologia, produz Biogás (Metano-gás natural e CO2), fertilizante e água”. Além do impacto ambiental positivo, Ratinho Junior destacou ainda os efeitos econômicos com a implantação do sistema. Citou o caso da cidade de Nova York que gasta, hoje, US $ 350 milhões por ano, após o tratamento de coleta. “Só a renda potencial do biogás do ArrowBio, a partir dessa quantidade de MSW (resíduos sólidos municipais), é praticamente a mesma, e os rendimentos de materiais recuperados devem ser adicionados”.

Marcio Nunes e Ratinho Junior lançam 50 mil peixes no lago da Usina

O deputado estadual Marcio Nunes e o secretário de Desenvolvimento Urbano do Paraná, Ratinho Junior, lançaram neste sábado (25), no lago da Usina em Campo Mourão, 50 mil peixes juvenis Piaparas, Pacus, Piasul e Pirapotongas, durante a 8ª edição, de soltura de peixes e pesca esportiva. O evento, organizado pelo Rotary de Campo Mourão, teve por objetivo além de repovoar o lago, recolher material esquecido ao longo das margens da usina e atrair pescadores e turistas. “Foi o maior evento em prol do repovoamento do lago da Usina e do Meio Ambiente”, comentou Nunes. “Estamos cuidando e preservando hoje para que as futuras gerações possam usufruir deste local com consciência ecológica”, lembrou.O evento contou com 30 barqueiros que participaram de uma corrida em busca da maior quantidade de lixo recolhido. O vencedor levou para casa, um barco de seis metros como prêmio.“Completamos hoje a soltura de 600 mil peixes e todo esse trabalho somente foi possível graças ao envolvimento e a participação de toda a comunidade interessada na preservação da usina”, disse o presidente do Rotary Campo Mourão, Flávio Andrade.Para o secretário, Ratinho Junior, a ação vai beneficiar os amantes da pesca e todos os moradores em torno do lago e visitantes da usina. “A ideia é fantástica, pois além de repovoar o lago estará contribuindo com o Meio Ambiente. A Secretaria de Desenvolvimento Urbano está de portas abertas para apoiar e incentivar ações como esta”.

Ratinho Jr. apoia novo pacto federativo

O secretário do Desenvolvimento Urbano, Ratinho Junior, apoia a posição dos prefeitos do Paraná, que defendem a reforma do pacto federativo, ações de moralidade e limpeza política no Brasil. “Deve haver ainda uma mudança cultural no país e a criação de novas formas de arrecadação nos municípios, valorizando o desenvolvimento e a profissionalização dos projetos de captação de recursos para as prefeituras”, disse Ratinho Junior, ao participar, nesta sexta-feira , 24, do lançamento regional do IV Encontro dos Municípios com Desenvolvimento Sustentável. No evento, Ratinho Junior citou ainda o caso de sucesso do prefeito de Apucarana, Beto Preto, que conseguiu atrair investimentos para município através de vários projetos, mesmo com várias dificuldades orçamentárias. “O fruto deste trabalho foi a reeleição de Beto Preto, no município, com mais de 80% dos votos”, destacou Ratinho.

Ratinho Jr. preferido dos curitibanos para governar Paraná a partir de 2009

Está longe ainda o dia em que os paranaenses se verão diante das urnas para escolher o sucessor de Beto Richa no Palácio Iguaçu, mas o quadro de candidatos potenciais não se altera já faz algum tempo. Dele fazem parte Osmar Dias, Ratinho Jr., Roberto Requião, Cida Borghetti e Valdir Rossoni. Se só os eleitores de Curitiba decidissem a eleição e se elas ocorressem hoje, o secretário Ratinho Jr. (PSD) seria eleito com 26% dos votos. De acordo com sondagem do instituto Paraná Pesquisas, seguem-se na preferência o senador Requião (PMDB) com 24,2%, e o ex-senador Osmar Dias (PDT), 22,5%. Os números representam um cenário de empate técnico diante da margem de erro de 3,5 pontos (para cima ou para baixo). Bastante distantes, porém, estão a vice-governadora Cida Borghetti (PP), com 3,9%, e o chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni (PSDB), 3,2%. Embora Curitiba seja o maior colégio eleitoral do estado, com o decisivo peso de 1,3 milhões de votantes (quase 20% do total), qualquer pesquisa que se limite à capital não representa, necessariamente, uma tendência estadual. O interior, especialmente nas pequenas cidades, costuma pensar e votar diferente, como historicamente se comprova. Além disso, outros fatores podem influenciar mudanças radicais. Os arranjos partidários que virão após outra minirreforma política ainda neste semestre têm força para embaralhar o jogo – principalmente porque as eleições de 2018 serão “casadas” com a disputa das vagas de vice-governador e duas de senador, além da presidencial. Se Richa, por exemplo, não disputar o Senado e permanecer no Iguaçu – como parece indicar a mais nova tendência –, alianças e candidaturas serão afetadas de modo ainda imprevisível. Com exceção da certeza de que Osmar Dias disputará o governo em parceria com o irmão-senador Alvaro Dias, postulante à Presidência, as demais candidaturas se sustentarão ainda por muito tempo sobre areia movediça.

Metodologia

A Paraná Pesquisas, a pedido desta coluna, entrevistou 801 eleitores curitibanos entre os dias 28 de fevereiro e 3 março. O grau de confiança da sondagem é de 95%, com margem de erro de 3,5 pontos porcentuais para baixo ou para cima.

Ratinho Jr. visita Campo Mourão neste sábado

O secretário do Desenvolvimento Urbano, Ratinho Junior, visita Campo Mourão, no próximo sábado (25), para participar da soltura de peixes no Lago Azul. O evento será promovido pelo Rotary de Campo Mourão. Ratinho Junior desembarca às 10 horas, no campo de futebol da indústria da Coamo, na saída para Luiziana.

Curitibanos querem Ratinho Jr. como novo governador do Paraná

Em levantamento realizado pelo instituto Paraná Pesquisas, o secretário de Desenvolvimento Urbano do Paraná, Ratinho Júnior, é o preferido dos curitibanos para assumir o cargo de Governador do Estado em 2018, com 26% das intenções de voto, seguido pelo senador Roberto Requião (24,2%) e pelo ex-senador Osmar Dias (22,5%).   (Imagem: Criação Rede Massa) A pesquisa considerou concorrentes Ratinho Jr, Osmar Dias, Roberto Requião, Cida Borghetti e Valdir Rossoni. A capital paranaense tem o maior colégio eleitoral do estado, com mais de 1,3 milhões de eleitores, ou seja, quase 20% do total de votos. A pesquisa foi feita com 801 eleitores de Curitiba, entre os dias 28 de fevereiro e 3 de março. A margem de erro é de 3,5 pontos percentuais e o grau de confiança é de 95%.