Ratinho Junior visita Laranjeiras do Sul, Cascavel e Francisco Beltrão

Entre quinta-feira, 9, e sábado, 11, o deputado Ratinho Junior visita mais três cidades do Oeste e Sudoeste do Paraná. Na quinta-feira, a partir das 19h, Ratinho Junior coordena, em Laranjeiras do Sul, mais um encontro "Conexões por um novo Paraná". Na sexta-feira, às 20h, em Cascavel, o deputado participa da entrega dos títulos de cidadãos honorários do oeste aos presidentes das seis cooperativas da região: Alfredo Lang (C. Vale), Dilvo Grolli (Coopavel), Irineo da Costa Rodrigues (Lar), Ricardo Chapla (Copagril), Valter Pitol (Copacol) e Valter Vanzella (Frimesa) e da entrega do 12º Prêmio Amop de Jornalismo. No sábado, a partir das 9h, Ratinho Junior coordena o encontro "Conexões por um novo Paraná" em Francisco Beltrão. O deputado Ratinho Junior vai atender a imprensa nos locais dos eventos. Serviço Conexões por um Novo Paraná Cidade: Laranjeiras do Sul Data: 9 de novembro, quinta-feira Horário: 19h Local: Clube Operário Endereço: Avenida Carmosino Vieira Branco, 350 Entrega de títulos de Cidadãos Honorários e 12º Prêmio Amop de Jornalismo Cidade: Cascavel Data: 10 de novembro, sexta-feira Horário: 20h Local: Tuiuti Esporte Clube Endereço: Rua Ponta Grossa, 2998, São Cristovão Conexões por um Novo Paraná Cidade: Francisco Beltrão Data: 10 de novembro, sábado Horário: 9h30 Local: Amsop Endereço: Rua Peru, 1301

Ratinho Junior fala sobre possível candidatura para disputar o Governo do Estado em 2018

O cenário político no Paraná ainda é incerto para as eleições de 2018. Mas alguns possíveis candidatos começam a surgir na disputa pelo Palácio Iguaçu. Um deles é o deputado estadual Ratinho Junior, do PSD. Em 2014 ele foi o deputado mais votado da história da Alep, com mais de 300 mil votos. Foi ainda Secretário de Estado do Desenvolvimento Urbano na atual gestão. Em 2012, disputou a prefeitura de Curitiba, mas foi derrotado no segundo turno por Gustavo Fruet, do PDT. Ratinho Junior fez uma avaliação do governo de Beto Richa. Para o deputado, o Governo pagou um preço alto para equilibrar as finanças, mas o ajuste fiscal proposto pela equipe de Beto Richa salvou o Paraná da falência. Segundo o deputado, o governador tem enfrentado desgaste político, um reflexo natural causado pelo tempo em que está no poder. Ao falar sobre a alternância de poder no Palácio Iguaçu, Ratinho Junior disse que nunca foi uma sublegenda ou sombra política, e que tem um projeto independente. Ratinho Junior fez um prognóstico sobre as eleições em âmbito nacional. Falou sobre as possíveis candidaturas de Jair Bolsonaro, do ex-presidente Lula, Ciro Gomes, João Dória, e que o PSDB deve lançar o governador de São Paulo Geraldo Alckmin para disputar o Palácio do Planalto. Para Ratinho Junior, o país passa por uma radicalização envolvendo ideologias políticas. Repórter Fábio Buchmann Fonte: CBN Curitiba - https://goo.gl/i49URg

Ratinho Junior apresenta estudo para Colégio Militar em Cascavel

O deputado Ratinho Junior (PSD) apresentou, na última semana, um estudo sobre a implantação de um Colégio Militar no Centro Nacional de Treinamento de Atletismo, em fase final de construção, em Cascavel, a um grupo de empresários e lideranças na Associação Comercial e Industrial de Cascavel (ACIC). "O Colégio pode atender 1,5 mil estudantes até 2020. Em Curitiba, o Colégio Militar, reiteradamente, tem se destacado no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), alcançando nível de pontuação entre as melhores escolas públicas do País", disse Ratinho Junior. No estudo, elaborado pelos arquitetos Thiago Assad, Helio Marzalek Junior e Loren Fabro, o Colégio pode ter 25 mil metros quadrados, divididos em dois blocos com 16 salas de aula, além de salas administrativas, sala de professores e um ginásio de esporte. A área, onde se encontra o Centro de Atletismo, tem 87 mil metros quadrados, dos quais 8 mil metros quadrados já estão ocupados. "Encontramos referências de colégios projetados em Goiás e Santa Catarina e é uma proposta que podemos levar à outras cidades do Paraná", disse Ratinho Junior. A estrutura do novo colégio pode abrigar, segundo os arquitetos, um bloco multiuso para laboratórios de pesquisas e salas de estudo. O espaço pode ter uma grande praça, estacionamento, refeitório, calçamento e uma estrutura de aço em um desenho irregular que poderá ser ocupado por laboratórios e salas. "O tratamento dado às edificações explora as propriedades técnicas e estéticas de materiais, como o concreto, a alvenaria e o aço, que definem a linguagem arquitetônica do conjunto", apontam os arquitetos. Os blocos de ensino, de três pavimentos, são distribuídos em térreo com administração, salas de apoio e professores, dois pavimentos de salas de aula e o último reservado à biblioteca e salas de estudo. A edificação valoriza a iluminação e ventilação natural, e poderá contar com reuso de água da chuva e uma grande cobertura para painéis solares. O ginásio pode ser construído em estrutura pré moldada,  de aço e vidro, e vai contar com quadra poliesportiva, arquibancada e banheiros. "O bloco conceito tem arquitetura única, usando aço na cor branca e vidro como protagonistas, assim como a laje verde em sua cobertura, que além de agradável na estética, tem função vital para o conforto térmico da edificação, que foi pensada para área de pesquisas, laboratórios e salas", adianta o estudo.

Ratinho Junior reúne mil lideranças do PSD em Ponta Grossa

O deputado Ratinho Junior reuniu, na noite desta sexta-feira, 20, mais de mil pessoas em Ponta Grossa em mais uma edição do Espaço Democrático, encontro do PSD que debate propostas que vão integrar o plano de governo para as eleições de 2018. "Estamos construindo um projeto bom e inovador para o Paraná com a participação de lideranças e dos moradores de todas as regiões do Estado", disse Ratinho Junior. O prefeito Marcelo Rangel (PPS) participou do encontro que reuniu, ainda, lideranças da saúde, educação, segurança, empresários e políticos de diferentes partidos. Em Ponta Grossa, os assuntos debatidos foram nas áreas de saúde, agronegócio e mobilidade urbana. "Em cada região avaliamos e debatemos questões pontuais. Nos Campos Gerais, tratamos do deslocamento de médicos e ambulâncias na região, incentivos para produção de trigo, necessidade de construção de anéis viários e novas estradas ligando os municípios para o escoamento da produção do campo e da cidade", disse Ratinho Junior O número de sugestões enviadas ao portal paranainovador.com.br foi recorde. O portal recebeu mais de 300 sugestões, demandas pontuais da região e ideias de projetos para construção do plano de governo. Base tecnológica - Ratinho Júnior disse que, além desses encontros regionais, está percorrendo o Estado para ouvir todos os representantes do setor produtivo, como associações comerciais e industriais, do agronegócio e da classe trabalhadora. "Temos que ter como premissa um estado enxuto, que reduz custos e despesas, com uma forte base tecnológica que possa incrementar novos serviços, melhorar nossa produção no campo e na indústria, criar mais empregos e dar um salto na qualidade de vida dos paranaenses", disse. O deputado assegurou que já tem um grupo político formado que se reúne quase toda semana para discutir as eleições do ano que vem e a elaboração de um projeto de governo para o Estado. “Temos um grupo político forte, de pessoas que querem o melhor para o Paraná", afirmou. Deste grupo fazem parte os partidos PSD e PSC, que formam a base de sua atuação política. Integram esta base política 14 deputados estaduais, cinco federais, além de quase 90 prefeitos e cerca de 800 vereadores. Força política - O presidente do PSD do Paraná, deputado Sandro Alex, ressalta que os encontros regionais são fundamentais na construção do plano de governo de Ratinho Junior. “O PSD conversa com as lideranças e moradores de cada cidade e região. Através de propostas de vários segmentos, vamos construir um projeto viável para que o nosso Estado continue crescendo”, avalia Sandro. "O PSD é uma das maiores forças políticas do Estado e estamos trabalhando para somar mais lideranças nesse grande projeto que tem como principal liderança, o deputado Ratinho Junior, que será nosso candidato ao Governo do Estado”, completou. Presidente do Espaço Democrático - o instituto do PSD -, o deputado Guto Silva também destacou a importância dos encontros que vão traçar novos projetos para o desenvolvimento econômico e social do Estado, incluindo áreas como segurança pública, saúde e educação. “Estamos falando de futuro, porque o País do futuro que sempre falaram não foi entregue ainda. Para alcançar isso, precisamos ouvir antes de chegar com um pacote pronto e sem respeitar as características de cada região”, pontuou.

Em Cascavel, PSD reúne 1,5 mil lideranças do Oeste

Devido ao mau tempo no sábado, 21, o deputado Ratinho Junior participou por Skype do encontro do PSD que reuniu mais de 1,5 mil lideranças do Oeste do Paraná. "Temos o agronegócio como matriz econômica. Somos o maior produtor de alimentos do planeta e, por isso, temos que possuir uma infraestrutura condizente. O agronegócio do Paraná cresceu muito nos últimos 20 anos e a estrutura viária, por exemplo, não conseguiu acompanhar. Esse é um setor em que os investimentos são necessários. Esse volume de produção, fruto da agricultura moderna, deve contar com o amparo do poder público", disse Ratinho Junior. "O alimento produzido no Paraná é vendido no mundo todo, o que gera riqueza. A infraestrutura é vital na produção de riqueza. Além disso, temos como desafio a busca do desenvolvimento regional – cada região tem uma vocação específica e esses encontros servem para fazer este tipo de debate", completou. O presidente nacional do PSD, ministro da Ciência, Tecnologia e Comunicações, Gilberto Kassab, também não se deslocou para Cascavel em função do mau tempo e enviou uma saudação aos participantes. "O deputado Ratinho Junior estudou, está preparado e conheceu experiências bem sucedidas de projetos e da administração pública no Brasil e no exterior. Fez uma excelente gestão como secretário do Desenvolvimento Urbano no Paraná, onde executou mais de 3,2 mil obras num espaço de pouco mais de três anos. Eu quero uma salva de palmas ao futuro governador do Paraná", disse Kassab. Para Ratinho Junior, o que mais motiva sua geração é a oportunidade de construir um projeto para o Paraná para as próximas décadas. "Minha geração cobra isso. É a nossa obrigação construir um Brasil diferente e acredito que o Paraná pode contribuir muito para essa construção. Quero liderar um bom programa de governo. Sou defensor de uma política moderna em que produção de riqueza serve para transformar a vida das pessoas e trazer novas possibilidades para o povo paranaense", disse.

Internet gratuita já atende 72% de Arapongas

A partir desta semana, 72% de Arapongas passou a ter acesso gratuito à internet com o lançamento da primeira etapa do Cidade Digital, projeto lançado nesta sexta-feira, 6, pelo prefeito Sergio Onofre (PSC) e pelo deputado Ratinho Junior (PSD). Além de interligar todos os setores da administração pública, o sistema wifi vai conectar locais públicos, como parques, praças, prédios públicos, unidades de saúde e escolas municipais. Com informações do Tribuna do Norte. Para garantir internet livre, nove torres e 72 pontos de distribuição de sinal de foram instalados na cidade. Ao todo, R$ 6,9 milhões foram investidos no projeto. “O projeto faz parte da meta da administração para democratizar o acesso à internet, possibilitar mais agilidade no serviço público e garantir a segurança dos dados da prefeitura, com custos operacionais bem menores”, disse o prefeito Sérgio Onofre (PSC). O deputado Ratinho Júnior  elogiou a medida. “A Cidade Digital mostra como esta gestão do prefeito Sérgio Onofre é moderna e arrojada. É grande a alegria de ter participado da criação do projeto em 2011 e ver ele agora sendo inaugurado. Arapongas tem uma importância econômica enorme não apenas na região, mas em todo o estado do Paraná”, disse. Ratinho Junior ainda afirmou que o projeto torna realidade e o importante é vê-lo implantado em Arapongas. “É um projeto fundamental para dar acesso à toda a população a algo que hoje se torna cada vez mais fundamental, que é a internet. Hoje, Arapongas é a cidade mais digital dentre todos os 399 municípios do Paraná”, afirma. Sinal grátis - De acordo com a Prefeitura de Arapongas, o  sinal de internet grátis começa a funcionar nos próximos dias. Tanto o centro da cidade como áreas mais distantes, como o distrito de Aricanduva e o Assentamento Dorcelina Follador, terão cobertura. A utilização da internet gratuita será liberada mediante cadastro no setor de protocolo da prefeitura, no horário normal de expediente, que poderá ser feito a partir da próxima semana. Para mais informações dos locais onde haverá a disponibilidade de sinal, será colocado no ar um site com todas as informações. Um mapa com os pontos de acesso e informações de cadastro podem ser acessados no  www.arapongas.pr.gov.br/cidadedigital.

Um olhar de inovação para a política

A política com novas ideias, diálogo e, sobretudo, participação. Esta iniciativa pioneira do PSD paranaense, perfeitamente conectada com a sociedade, tem sido um grande sucesso em todas as regiões do estado. Batizado de ‘Paraná Inovador’, o movimento é organizado pelo Espaço Democrático, fundação para estudos e formação política da legenda, e desde julho deste ano está debatendo com a sociedade os problemas regionais e locais do Paraná, considerando propostas e projetando as soluções, especialmente com base em ações inovadoras. Onze encontros já foram realizados, reunindo em cada região ao todo mais de 5 mil líderes dos mais diferentes segmentos sociais. “Mais do que acolher boas ideias, nós estamos dialogando com a população paranaense e queremos a inovação também na política. Estes encontros, apoiados em plataformas de rede sociais, serão a base participativa para aproximar as pessoas dos processos decisórios”, destacou o líder do PSD na Assembleia Legislativa do Paraná, deputado estadual Marcio Nunes. Deputado estadual Ratinho Junior discursa durante encontro de Santo Antônio da Platina, norte pioneiro do Paraná. Inovação O projeto conta com a plataforma digital www.paranainovador.com.br, onde o cidadão pode dar a sua colaboração, com ideias e projetos, que serão incorporados no futuro plano de governo do PSD, para 2018. “Mais do que um movimento partidário, estamos numa mobilização democrática, pensando o futuro do nosso estado, e resgatando ao mesmo tempo o que a política tem de melhor, que é o valor e a contribuição das pessoas”, destacou o deputado estadual Carlos Massa ‘Ratinho Jr’, pré-candidato da legenda ao governo do estado. O movimento do ‘Paraná Inovador’ tem contado com a contribuição de outras siglas, como PSC, PEN, PSDC, PRTB e PSDB. Ratinho Jr. foi recordista de votos nas últimas eleições estaduais, como deputado estadual mais votado do Brasil, com 300 mil votos.

Paraná tem em investimentos, R$ 1,7 bilhão em obras urbanas, destaca Ratinho Junior

Entre março de 2013 e agosto de 2017, as obras urbanas no Paraná somaram R$ 1,7 bilhão de investimentos a atenderam 392 cidades do Estado. O balanço é do secretário Ratinho Junior sobre as 3,2 mil obras realizadas por sua pasta, a Secretaria de Desenvolvimento Urbano. “São obras que significam qualidade de vida para os paranaenses porque se traduzem em mais desenvolvimento e bem estar social às cidades atendidas”, disse Ratinho Junior.
Segundo Ratinho, os recursos foram destinados para a pavimentação e recape de ruas e avenidas, urbanização de praças e parques, construções de creches, escolas, terminais de transporte, quadras de esporte, hospitais, postos de saúde, implantação de aterros sanitários, execução de plano diretor, iluminação pública, calçamento e outras edificações. Parte deste dinheiro foi usado ainda na compra de maquinário e equipamentos para as prefeituras paranaenses.“O mais interessante é que além de atender as grandes cidades, os projetos e programas levados pela Sedu voltaram-se aos pequenos e médios municípios porque são os que mais precisam do apoio do Estado.
Desse conjunto de obras e ações, a maior parte atendeu os pequenos municípios, o que descentraliza as ações de governo e contribui para trazer o desenvolvimento econômico e social para todo o Estado”, completou Ratinho Junior.

Investimentos 

Para quantificar as 2.424 ações levadas pela Sedu, somente em pavimentação (asfalto e recape), os investimentos somaram, R$ 1,14 bilhão entre 2013 e 2017. Ao todo, foram pavimentados 17,4 bilhões de metros quadrados de vias – 2,1 mil de quilômetros de ruas e avenidas. “São investimentos consistentes que representam uma nova fase de desenvolvimento e dotam as cidades de uma melhor mobilidade urbana”, disse Ratinho Junior.
Neste período, a Sedu também aplicou mais de R$ 205 milhões em edificações por todo o Paraná. Os investimentos contemplaram a construção de barracões industriais, centros de referência, unidades de saúde, creches, ginásio de esportes, quadras esportivas – inseridas no projeto Meu Campinho -, terminais de transporte, centros da juventude, escolas, hospitais, reforma e ampliação de órgãos públicos, entre outras obras. No total, foram construídos, reformados ou ampliados 269 edifícios e o volume de edificações representa 282,6 milhões de metros quadrados executados.
“As obras dotam os municípios de uma infraestrutura mais adequada, o que atende desde o setor produtivo até os moradores dos bairros que passam a ter uma qualidade de vida melhor com o asfalto na frente da casa, creches e escolas para os filhos”, disse Ratinho Junior.

Aquisições 

No período entre 2013 e 2017, houve ainda, destaca Ratinho Junior, a compra de 97 terrenos para a construção de diferentes empreendimentos nos municípios. Foram investidos R$ 58, 2 milhões na compra de 2,5 milhões de metros quadrados. “Todas as ações e investimentos foram feitos com muito planejamento, austeridade e com foco nas necessidades e demandas das prefeituras”, disse Ratinho Junior. Nos destaques no período, os projetos Calçadas do Paraná que recebeu R$ 8,5 milhões em investimentos traduzidos na execução de 50 quilômetros de calçadas, a implantação de aterro sanitário (R$ 1,1 milhão), planos diretores (R$ 359,2 mil), seis parques (R$ 3,3 milhões) e 61 praças (R$ 27,8 milhões). No pacote de investimentos da Sedu, foram contabilizados a compra de 263 veículos ao custo de R$ 36, 2 milhões e 726 unidades de equipamentos rodoviários, totalizando investimento de R$ 196,9 milhões. A Sedu investiu ainda R$ 462,2 mil para a compra de 33 unidades de veículos agrícolas. A soma geral dos investimentos para a aquisição de veículos e equipamentos alcançou R$ 233, 6 milhões.
“Todas estas ações desenvolvidas pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano são resultados de um diálogo permanente com os prefeitos e prefeitas paranaenses. Temos trabalhado afinados num projeto maior para o progresso do Paraná”, completou Ratinho Junior.

Brasil precisa de novas lideranças, diz Carlos Massa Ratinho Junior   

Neste sábado, 29, em Medianeira, o secretário de Desenvolvimento Urbano do Paraná, Carlos Massa Ratinho Junior, disse que o Brasil precisa de novas lideranças. “É fundamental para o fortalecimento do nosso grupo no Paraná e no Brasil, formado por quadros qualificados e que representam a nova política”, disse Ratinho Junior na série de encontros regionais do PSD.

Novas Lideranças

Ratinho Junior participou do encontro regional do PSD no oeste com a presença de 350 pessoas e as principais lideranças do partido no estado e no país. Encontros regionais

Apoio é parte de projeto para 2018

O candidato a Prefeito de Curitiba pelo PSD, Deputado Estadual Ney Leprevost, recebeu um importante apoio à sua candidatura no dia 25 de agosto, quinta-feira. O colega de partido e Secretário de Estado do Desenvolvimento Urbano, Ratinho Junior, compareceu à reunião da coligação “Corrente do Bem” (PSC / PSD / PEN / PTC / PPL / PC do B / PSL) para expressar seu apoio. Na oportunidade, o Secretário Ratinho Junior ressaltou que apoia a candidatura de Ney Leprevost para prefeito da capital paranaense por conhecer sua competência como legislador, bem como o preparo como gestor público. “O Ney, como eu, é da nova safra de políticos do Paraná. Ainda muito jovem tornou-se Secretário de Estado do Esporte e Turismo. É um grande administrador e autor de vários Projetos de Lei importantes, como a Lei da Ficha Limpa/PR, por exemplo. Além disso, Ney leprevost conhece Curitiba profundamente”, argumentou. Dívida bilionária Ratinho Junior criticou a estagnação em que se encontra a gestão pública em Curitiba. “Há quatro anos, quando me candidatei a prefeito de Curitiba, a gestão já se encontrava numa situação ruim, com uma dívida de R$ 400 milhões. O quadro só tem piorado. A dívida já chega a R$ 1 bilhão e 200 mil. Desde então, a cidade perdeu dinheiro para o Metrô, sendo R$ 1 bilhão e 600 mil. Perdeu R$ 70 milhões para o Hospital da Zona Norte, um projeto que já estava liberado pelo Ministério da Saúde há três anos e meio. A Linha Verde, que com o Luciano Ducci estava 70% concluída, não foi finalizada na administração do Gustavo Fruet, sequer teve continuidade em suas obras. A cidade, enfim, parou, estagnou, com uma gestão que não tem apresentado avanços. O Brasil quebrou por ineficiência de gestão, com a Dilma. Não queremos isso para Curitiba. A cidade precisa de gente com capacidade de gestão e o Ney tem essa capacidade”, destacou Ratinho Junior. Candidatura para governador Segundo Ratinho Junior, o apoio a Ney Leprevost para prefeito da capital do Paraná é fundamental para 2018, quando pretende lançar candidatura ao Governo do Estado. “Gostaria de contar com o trabalho do Ney em Curitiba. Este é o início de um projeto com vistas a 2018”, revelou. Juntos no PSD O candidato a Prefeito de Curitiba pelo PSD, Ney Leprevost, se mostrou orgulhoso por receber apoio do Secretário Ratinho Junior. “Há quatro anos era para eu ter saído candidato a vice-prefeito na chapa do Ratinho. Mas não deu certo em razão de outros compromissos da coligação. Mas agora estamos juntos no PSD, partido fundado pelo Gilberto Kassab – atual Ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações – e liderado no Paraná pelo Eduardo Sciarra, que foi buscar o Ratinho Junior para somar com o grupo. A ideia é preparar a candidatura dele a Governador para 2018. O Ratinho está sempre se capacitando, é uma pessoa que viaja muito, não para fazer turismo, mas para estudar, conhecer e trazer novas ideias para o Paraná. Tenho 42 anos e o Ratinho 35 anos, somos dessa nova safra da política paranaense que quer fazer política com vergonha na cara. Conheço a família dele, desde os tempos em que trabalhei na CNT com o apresentador Ratinho(pai), em programa de televisão”, lembrou Ney. Médico na chapa Sobre o vice, o oftalmologista Dr. João Guilherme Moares (PSC), Ney pontuou que a escolha de um médico foi uma decisão de caráter técnico, por se tratar de profissional da área de saúde. “A escolha do meu vice é providencial em razão da grande demanda por investimentos na área da saúde em Curitiba. O Dr. João Guilherme, além de trabalhar em seu consultório, conhece bem e trabalha pelo SUS na Santa Casa. Ou seja, tem conhecimento de causa. E Curitiba tem na área de saúde um de seus maiores desafios. Não podemos mais admitir que continuem morrendo pessoas nas filas dos postos, como aconteceu mais uma vez na semana passada, em uma Unidade de Saúde no Fazendinha”, lembrou. Gestão eficiente Entre as principais propostas para Curitiba, Ney Leprevost destacou em entrevista exclusiva ao Diretor do jornal A Gazeta Região Metropolitana, João Aloysio Ramos, o enxugamento da máquina administrativa como uma prioridade. “Curitiba precisa de eficiência na gestão. Vamos cortar gastos, cargos em comissão e algumas secretarias. O quadro de servidores concursados conta com gente competente que quer trabalhar, mas que é engessada por decisões das chefias nomeadas pela gestão atual”, argumentou. Indústria do antipó e das multas Para Ney, a indústria do antipó e das multas é outro problema. “É preciso usar asfalto de qualidade, não esse antipó, essa camada fina de asfalto que só beneficia empreiteiros, e seis meses depois precisa de reparos. A indústria da multa, então, já é famosa, não apenas a do trânsito. Mas a atual gestão tem se empenhado em multar empresários, comerciantes, proprietários de bares, restaurantes, prestadores de serviço, apenas para arrecadar. Postura de quem não sabe gerir os recursos que tem. O empresário tem de ser visto como um parceiro, não como um inimigo a quem só serve para pagar impostos e multas ao erário”, acrescentou. Reintegração da RIT e VLT Outras medidas defendidas por Leprevost são a reintegração da Rede Integrada de Transporte-RIT com tarifa mais justa; implantação do Sistema de Transporte VLT; criação do PAI-Programa de Atendimento Infantil; agendamento eletrônico de consultas pelo SUS; investimentos em calçadas, com o realinhamento das mesmas; a criação de uma Unidade de Combate ao Crack e a transformação da Secretaria de Defesa Social em Secretaria de Segurança do Cidadão; além de uma Central de Monitoramento por Câmeras, em parceria com moradores e empresários, além da contratação de mais guardas municipais, ampliando o efetivo, que tem atualmente apenas 1.300 guardas.