Na STN, Paraná lidera repasse de recursos e investimentos nos municípios

​Os municípios do Paraná são maioria no ranking de financiamentos do Brasil em 2017, segundo a Secretaria do Tesouro Nacional (STN). De acordo com a STN, de 125 operações autorizadas neste ano, 44 atenderam municípios paranaenses – 35,2% do total. As operações de crédito somam R$ 111,6 milhões e representam uma oportunidade de executar obras e investimentos em meio à crise econômica que assola o país.
A integração entre a Fomento Paraná e Secretaria Estadual de Desenvolvimento Urbano (Sedu) e o alinhamento com a política estadual de desenvolvimento favorecem os municípios paranaenses. A Sedu, coordenada por Ratinho Junior, tem o papel de condutora da política pública e o Paranacidade atua como agente técnico operacional. Graças a este trabalho integrado, o Paraná tem se destacado no cenário nacional. Líder no ranking nacional neste ano, o Paraná já havia conquistado a liberação de recursos da STN para 212 municípios em 2016.
O total de investimentos repassados neste ano até agora aos municípios paranaenses (R$ 111,6 milhões) só não é mais positivo porque muitos estão com situação fiscal comprometido pela queda na arrecadação e de transferências constitucionais, o que impende o ajuste das suas contas.

Investimentos

Ratinho Junior destaca o trabalho técnico e o planejamento bem conduzido como elementos que tem garantido o suporte necessário aos municípios paranaenses. “A Secretaria de Desenvolvimento Urbano executa com competência o papel de condutora da política pública que induz o desenvolvimento”, diz.
Por meio de escritórios descentralizados, a Sedu e o Paranacidade apoiam as prefeituras na elaboração de projetos, especificações técnicas e editais de licitação. O trabalho, além de garantir os recursos aos municípios paranaenses, tem se destacado no cenário nacional e atraído a atenção de outros estados que buscam orientação com o secretário Carlos Massa Ratinho Junior.
Recentemente, técnicos do governo de Santa Catarina e da agência do BRDE catarinense buscaram com Ratinho Junior, proposta de convênio entre os dois estados para usar o modelo e a expertise da Sedu do Paranacidade, já é conhecidos em Santa Catarina e difundidos em diversos encontros de gestão pública pelo Brasil.
Para Ratinho Junior este conhecimento técnico tem auxiliado os municípios paranaenses a implantar os seus projetos, com rapidez e eficiência. “A equipe está de parabéns pela condução desse processo. É um orgulho para o Paraná este destaque e, para mim, é um privilégio liderar um trabalho que tem ajudado tantos municípios”. Acompanhe mais nas redes sociais : https://www.facebook.com/ratinhojunior/posts/1700865946592867