Ratinho Junior defende Paraná inovador com choque de gestão

 em Geral

O deputado Ratinho Junior (PSD) defendeu nesta segunda-feira, 5, uma gestão de governo que fortaleça a economia e o bem estar social, aliada ao uso racional dos recursos públicos em áreas estratégicas e prioritárias como saúde, educação, segurança e infraestrutura. “É um Paraná inovador, um novo modelo de governança, aliada a um choque de gestão que racionalize ainda mais a máquina pública, cortando tudo que é desnecessário, sobrando mais dinheiro para investimentos”, disse Ratinho Junior em entrevista à imprensa.

“Vamos construir um projeto para o Paraná que perpasse a um governo, um projeto para duas décadas que possa servir de exemplo para outras gerações, fazer do Paraná um estado exemplo para o país. Temos essa oportunidade porque temos o povo mais trabalhador do País, o estado mais robusto com a maior capacidade de levar qualidade de vida para a população”, completa.

Mesmo com essas condições, segundo Ratinho Junior, há muito desafios a se enfrentar já nos primeiros dias do próximo governo. “Ainda temos bolsões de pobreza e regiões deprimidas. Não pode um estado, maior produtor de alimentos do mundo, ter gente passando fome. Isso pode ser suprido com mais infraestrutura, melhorias na vida das pessoas e com uma visão social para aqueles que estão esquecidos. Eu quero fazer esse projeto para, de alguma maneira, retribuir para o Paraná tudo que o Paraná fez e trouxe de oportunidades para a minha família”, disse.

Força política – Ratinho Junior sustenta ainda, que o Paraná já perdeu muito tempo com brigas políticas que impediram trazer mais recursos federais ao Estado. “Isso representa o atraso e eu não quero fazer esse tipo de política. Eu quero buscar uma política inovadora, no sentido de unir as forças políticas. Eu quero ser um governador que a cada 90 dias sente com o ministro da Agricultura, juntamente com o setor de agronegócio, e discuta politica agrícola pública que atende os interesses do setor produtivo e do Estado”, disse.

Além do setor agrícola e da pujança do agronegócio, o deputado também citou o potencial turístico e os novos empreendimentos privados que estão sendo construídos no Paraná. “Temos um forte potencial turístico. E para se gerar um emprego no turismo, se gastar US$ 1 mil e para se gerar emprego na indústria, são US$ 4 mil. Portugal e a Espanha, na crise, conseguiram reerguer suas economias através do turismo”.

“Se nós temos um potencial turístico forte, temos que investir. Temos o segundo destino turístico de estrangeiros do Brasil, que é Foz do Iguaçu, e não temos uma pista que desce avião internacional. Isso é um absurdo e não pode acontecer. Eu quero pegar esses grandes projetos e discutir com o presidente da República e, com força política, buscar mais recursos para Estado”.

Além dos recursos públicos, Ratinho Junior disse ser necessário ampliar as parcerias com a iniciativa privada. “Não vejo nenhum problema da iniciativa privada prestar um serviço público. Temos que criar esse novo modelo. Ficaram muito tempo falando que não podia a iniciativa privada participar do poder público e temos que acabar com isso. O Brasil não aguenta mais manter esse tipo de atitude, vamos quebrar todos esses paradigmas de muitos anos na política do Brasil que só trouxeram atrasos”.

Acesse as redes sociais do Ratinho Junior:

Instagram

Facebook

Flickr

Portal

Notícias recomendadas
Contato

Nos envie um e-mail e entraremos em contato o mais breve possível.

Not readable? Change text.

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar